sexta-feira, abril 22, 2005

Era uma vez...

Imaginem que tinham uma namorada. O namoro durava já há bastante tempo, já não havia aquela paixão inicial, já lhe criticavam com mais frequência os defeitos, embora ainda gostassem dela. Um dia, a querida decide trocar-vos por um gajo mais rico. Ficam um pouco tristes, apesar de haver dias em que já vos tinha apetecido pôr fim àquela relação. Ninguém gosta de ser trocado seja pelo que for, não é? Pois muito bem, a vida continua, o que não falta para aí é gajas mais novas e com mais rendimento que a mastronça que abandonou o lar. Para ela, a vida também continuou: o tal ricaço, playboyzinho inveterado, também achou que devia trocá-la por uma gaja mais nova e com mais rendimento. Azar. Deus castiga. Um dia, a campainha toca. Vocês abrem a porta, e quem vêem? A mastronça, carregadinha de malas, com um sorriso de como-se-nada-fosse: «Voltei, querido!» Quantos de vocês a deixam entrar? Quantos de vocês têm coluna vertebral? Quantos de vocês avisam o vosso borrachinho novo que tem de tirar a sua escova de dentes do vosso copo, que a madame quis voltar para casa? Quantos de vocês deixam que uma peseteira faça gato-sapato dos vossos sentimentos e da vossa dignidade? Quantos de vocês estão dispostos a dizer a todo o mulherio que aceitam ser encornados à vontade, que perdoam sempre?
As respostas são confidenciais e destinam-se a tratamento estatístico.

7 Comentários:

Anonymous Anónimo diz...

Confesso desta não tava à espera

2:11 da tarde  
Anonymous Isaías diz...

Quem são os figorantes desta novela?

2:13 da tarde  
Anonymous bagagem diz...

Figo, "pesetero", fica em Madrid! e pede ao Scolari para ir também!!!!

2:33 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

Volta rapido Figo. Mete nojo ver o Simão a jogar na selecção.

2:46 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

Eu não sou conselheiro matrimonial lolo, mas aqui vai, ela não saiu? Pois bem azar dela, claro que uma pessoa não estala os dedos e os sentimentos desaparecem mas um gajo, é um gajo e por vezes custa mas tem de ser, mete-a a andar por duas razões logo à partida:
1. Pelo que leio já existe outra pessoa, porque não tentar?
2. E se amanhã aparecer outro Playboy será que a mastronça não fará o mesmo?
SLB SEMPRE

2:50 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

Não tinha conhecimento dessa novela, até pensei que fosse o caso de alguem do Blog lololo, mas pronto fica o conselho na mesma.
SLB SEMPRE

3:40 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

Sempre podemos fazer a analogia com o Liedson, que se tem fartado de encornar o clube. Mas a grande encornadela ainda está para vir. Aí vai ser o bom e o bonito, mas desses telefonemas não se fala aqui...

7:48 da tarde  

Enviar um comentário

<< Página Principal

Avalie-me!