segunda-feira, maio 30, 2005

Os Potes dos Milhões

Eis os 4 potes provisórios dos quais sairão os 8 grupos de 4 equipas (uma equipa de cada pote) para a fase de grupos da liga dos campeões 2005/06:


POTE 1 coef.

Real Madrid 131.326
AC Milan 121.191
FC Barcelona 117.326
Man. Utd ** 110.864
Inter ** 101.191
Bayern 97.166
Arsenal 93.864
FC PORTO 93.740

POTE 2

Juventus 93.191
PSV Eindhoven 84.144
Olympique Lyon 81.325
Panathinaikos** 70.714
Chelsea 68.864
Celtic * 63.477
Villarreal ** 58.326
SPORTING ** 55.740

POTE 3

AS Monaco ** 53.325
Ajax ** 52.144
Club Brugge ** 50.477
Anderlecht * 47.477
Olympiakos 46.714
Schalke '04 44.166
Sparta Prag 43.223
Lille 41.325

POTE 4

Glasgow Rangers** 40.477
Dínamo Kiev ** 40.200
Werder Bremen ** 40.166
Lokomotiv Mos. * 38.470
BENFICA 36.740
Rosenborg ** 36.666
Slavia Praga ** 35.223
Fenerbahçe 23.872

Falta saber o que fazer com o Liverpool

*Clubes que têm de disputar duas pré-eliminatórias
**Clubes que têm de disputar uma pré-eliminatória, como é o caso do Sporting


Eis os possíveis adversários dos lagartos (que são cabeças-de-série, para além de cabeçudos):

Betis (Esp.) 34,326
Basileia (Sui.) 33,889
Wisla Cracóvia (Pol.) 32,930
Partizan Belgrado (SM)* 30,012
Udinese (Ita.) 30,191
Shakhtar Donetsk (Ucr.)* 28,200
Maccabi Haifa (Isr.)* 21,218
Everton (Ing.) 20,864
Steaua/Dínamo (Rom.)* 20,101/12,101
Brondby/FC Copenhaga (Din.)* 19,676/15,676
Rapid Viena (Aus.)* 15,209
CSKA Sofia (Bul.)* 15,118
Debrecen (Hun.)* 14,389
Trabzonspor (Tur.)* 12,872
Valerenga (Nor.)* 11,666
Hajduk Split (Cro.)* 10,981

*Clubes que têm de disputar a 2.ª pré-eliminatória


  1. O FCP, sozinho, tem mais pontos que os grandes de Lisboa.
  2. O Benfica é o parente pobre do trio
  3. O Sporting ainda vai ter de penar para entrar nos grupos

12 Comentários:

Blogger Rosa Peixeira diz...

http://diariodeumanavalista.blogspot.com/

11:18 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

não percebi esse comentário do cabeçudo...

o Sporting foi cabeçudo? o único cabeçudo que eu vi nas últimas semanas foi mesmo o benfica frente ao setúbal..

mais perto só o boavista na última jornada mas visto que nem aí o benfica conseguiu vencer não é tecnicamente um cabeçudo.

2:26 da manhã  
Anonymous Anónimo diz...

O FCP sózinho, à custa de rebuçadinhos e frutinhas e cafés com leite, conseguiu roubar e ficar a rir. Mas só fica a rir enquanto alguns senhores tiverem no poleiro. Quando esses saírem de lá, a II Divisão espera-vos.

Agora temos provas de como funcionava o tal do "sistema". Já não o podem negar. Ganharam o que ganharam com batota e isso não vale de nada. Andaram aí a embandeirar em arco com o Penta. Penta de lixo, é o que é, à custa de muita prostituta.

É uma vergonha ver alguns pseudo-intelectuais da nossa praça ainda virem acudir pela grandeza do FCP. Borrem a cara com merda. É preciso uma desonestidade intelectual a toda a prova para ainda virem dizer que o FCO tem mais pontos que os de Lisboa juntos. Se não tivesse é que seria anormal, pois o PdC sempre disse que para ser forte lá fora tinha de ser forte cá dentro.

Pois.

9:41 da manhã  
Blogger Pedro diz...

Cabeçudo o Campeão Nacional? Só para rir!!!

Com um bocadito de sorte teremos um grupo aceitável, com um bocadito de azar temos um grupo lixado...fica aqui a minha "aposta" :

SL BENFICA
Bayern Munique
PSV
Anderlecht

10:07 da manhã  
Anonymous Anónimo diz...

A azia relativa ao FCP, apesar de "apenas" ganhar a Taça Intercontinental e a Super Taça,continua neste blog.
Já todos viram que a UEFA e os árbitros internacionais vêm todos aos rebuçados, à fruta e ao café com leite.

Já se percebeu que os senhores do SLB são todos cavalheiros e sérios. Os títulos são imaculados (ai naquele tempo é que era)! A equipa é que não valia grande coisa. E isso viu-se este fim de semana: uma dobradinha com a beiça lampiónica seguida de sobremessa de melão vindo da Península de Setúbal. Na semana passada eram 4,75 milhões de campeões, esta semana eram 4,75 milhões de melões.

10:18 da manhã  
Anonymous Anónimo diz...

Para o amiguito aqui de cima, das 10_18.

'Tás a fazer-te de esquecido, não estás? Então e o caso do Aberdeen? Já não conta? O árbitro foi aliciado com rebuçadinhos, pois então. Está lá, no golpe de estádio.

11:12 da manhã  
Anonymous Anónimo diz...

Para o amiguito das 11_12,

Golpe de Estádio? Qual? O livro de ficção? Como deves ter mais informações anota aí o endereço:

Polícia Judiciária
Directoria Nacional
Rua Gomes Freire,174, 1169-007 Lisboa
Telefone: 218 641 000
Fax: 213 575 844.

Presta um serviço ao país. Conta o que sabes. Não fiques pelas insinuações!

Nota final:
Se por acaso o endereço estiver desactualizado, por favor contactar Vale e Azevedo (ex-sócio do Benfica)! Não percebo onde estavam todos os seus apoiantes quando o expulsaram de sócio!

2:19 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

O Sporting no pote 2?

E o gigante acordado no pote 4?

Como é que isto é possível?! Mas será que o novo cartão de sócio também não resolve esta enorme injustiça?!

2:21 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

Para o amiguito das 2_19:

Pois, a velha táctica da "fuga prá frente". Está aqui o telefone da PJ, vai e denúncia. Diz o que sabes... hehehe

Eu sei o que todos sabem. Que elas se fazem e que é muito dificil de provar seja o que for. Uma coisa é não se conseguir provar, outra coisa é dizer que não aconteceu.

Queres um exemplo? O caso Calheiros!

A tua querida PJ, andou lá a investigar e provas... népia.

Mas alguém no seu perfeito juízo acredita que o FCP pagou a factura da viagem de férias do árbitro Carlos Calheiros, por engano? Isso deve ser é conversa para os SuperMurcões.

Facto: A agência de viagens Cosmos, enviou para o FCP uma factura de 3.750 Euros (750 contos) referente à viagem de Carlos Calheiros e familia ao Brasil.

Facto: O FCP Pagou.

Agora tentar fazer passar os outros por parvos com afirmações como as de Pinto da Costa que afirmou "«uma cabala a forma como a factura apareceu no FC Porto»."... Por favor.

Se tiveres duvidas, não vás à PJ. Vai falar com a Dra Maria José Morgado. Não sei a morada mas deves encontrá-la fácilmente no Ministério Publico do Tribunal da Relação de Lisboa.

Com carinho :)

2:54 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

Para o amiguito das 2_54:

Facto: alguns iluminados ou luminárias, especialmente os tais cavalheiros sérios e honestos do futebol (aqueles que lutam pela sua credibilização mas depois são santos quando são beneficiados), gostariam que o ónus da prova fosse invertido. A simples desconfiança ou boato serviria para julgar e condenar de imediato. Desde que, com as devidas ressalvas, os indiciados fossem do FCP, porque aos outros deve ser sempre atribuída a presunção de inocência.

"Uma coisa é não se conseguir provar, outra coisa é dizer que não aconteceu" ou seja é apenas uma questão de fé! Insidioso. Tão execrável como o boato baixinho na tentativa de a tornar verdade: o FCP só ganha por causa dos rebuçadinhos, das frutas e do café com leite... Tás a ver! Hum! Hum!

4:42 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

Caro amigo das 4:42, 2:19, etc.:

Escrevi "Uma coisa é não se conseguir provar, outra coisa é dizer que não aconteceu" e decerto compreendeu o que eu queria dizer com isso, mas fez o favor de distorcer a "coisa" para o lado que lhe dava mais jeito. Ora isso não é de todo assim e eu passo a explicar:

Isto significa o seguinte: A grande maioria da prova recolhida no processo Apito Dourado foi obtida a partir da escuta telefónica. Mesmo as buscas realizadas à sede do FCP, Boavista, FPF, etc., foram-no em consequência da matéria apurada nas audições das ditas escutas.

Ora os advogados dos arguidos tentam por todos os meios legais à sua disposição fazer com que as ditas escutas sejam declaradas como ilegais. Se o conseguirem, toda a prova produzida a partir das escutas e a prova recolhida nas buscas que teve como base as escutas, não poderá ser usada em julgamento.

Se assim vier a acontecer, os arguidos serão absolvidos, pois tanto quanto transparece cá para fora, não há testemunhas dos actos de corrupção no processo. As que há são tb arguidos que remetendo-se ao silêncio, como é seu direito, lixam de todo a prova do Ministério público.

Logo há aqui uma distinção a fazer que não tem a ver com questões de fé. São antes factos.

Facto: Os arguidos foram apanhados nas escutas telefónicas a practicar actos que configuram o crime de corrupção no fenómeno desportivo e/ou a serem relacionados por terceiros com tal práctica.

Facto: A prova desses factos, apesar de revelar a verdade, pode não ser aceite no julgamento.

Concluíndo, os arguidos só não serão julgados e eventualmente condenados pela práctica dos crimes por causa de um pormenor técnico e não por causa de não existirem provas de que cometeram os crimes que lhes são apontados.

Para a opinião publica o que fica é que apesar de serem culpados, safam-se por causa de um pormenor técnico: A "possivel" ilegalidade da obtenção dos meios de prova.

Agora, acreditar que por causa do tribunal não poder utilizar determinadas provas, que os arguidos do processo são automáticamente inocentes, isso sim é que é um verdadeiro acto de fé.

O próprio árbitro Jacinto Paixão, disse a quem quis ouvir, aos microfones da TVI, quem o quis pressionar e como o fez. Isso não pode ser ignorado por quem esteja de boa fé. São demasiados os indicios que apontam no mesmo sentido.

Aos olhos da lei são inocentes, mas aos olhos da opinião publica, na qual eu me incluo, não. São culpados até ao tutano e só se tornaram grandes lá fora depois de se tornarem gandes cá dentro, graças aos rebuçadinhos e afins.

É a minha opinião.

Cumps. :)

8:30 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

Caro amigo das das xx_xx, etc,

"Os arguidos foram apanhados nas escutas telefónicas a practicar actos que configuram o crime de corrupção no fenómeno desportivo e/ou a serem relacionados por terceiros com tal práctica"

Como muito bem diz "configuram" e da configuração ao facto pode ir uma distância muito grande. Para provar essa configuração é necessário o julgamento e o establecimento da relação directa entre os factos.

"Ora os advogados dos arguidos tentam por todos os meios legais à sua disposição fazer com que as ditas escutas sejam declaradas como ilegais"

Existe um conjunto de pressupostos e procedimentos para efectuar escutas. Se de facto não foram observados, o tal pormenor técnico "configura" uma violação do estabelecido para a autorização das escutas. A lei, para ser cumprida, deve-o ser por todas as partes. Os tais pormenores técnicos podem ser a porta de saída para alguns senhores, mas são também a garantia de um conjunto de direitos de qualquer indíviduo fundamentais em qualquer democracia.

"O próprio árbitro Jacinto Paixão, disse a quem quis ouvir, aos microfones da TVI, quem o quis pressionar e como o fez. Isso não pode ser ignorado por quem esteja de boa fé. São demasiados os indicios que apontam no mesmo sentido"

Ouvi as declarações do dito senhor e, em momento algum, ouvi alguma referência ao FCP, ao Pinto da Costa ou ao Valentim Loureiro. Para além do não senhor, que não tinha tido nada com as meninas, que a ideia até surgiu por brincadeira em conversa com os colegas que seguiam no carro... Para além de que jantou num local onde a conta estava paga e que, por acaso o senhor Reinaldo Teles, até lá estava, não ouvi a "produção" de qualquer tipo de prova nesta entrevista. Quero fazer notar, que a arbitragem do senhor Jacinto foi considerada, na época, positiva pelos jornais e pelos árbitros que integram os painéis de avaliação dos mesmos jornais.

Também percebeu muito bem o que eu quis dizer. Percebeu perfeitamente que só os rebuçadinhos, a fruta e o café com leite não justificam o sucesso, nacional e internacional, do FCP. Contudo convém sempre lançar a suspeita, o tal boato que todos repetem, todos juram conhecer os factos, mas depois não se concretizam devido aos tais pormenores técnicos... Também percebeu que o campeonato correu mal ao FCP este ano devido aos 3 treinadores, à venda dos jogadores mais influentes da equipa e à entrada e saída de muitos jogadores (já para não falar dos célebres castigos do Conselho de Disciplina da Liga; alguns até com contornos interessantes, como por exemplo agravar a pena em consequência do recurso) - erros cometidos em anos anteriores por outros clubes onde se inclui o Benfica à cabeça. Mas isso não interessa. Interessa sim passar a ideia de que a "verdade desportiva" foi consequência do Apito Dourado. É mais confortável e esconde os erros do passado.

11:09 da manhã  

Enviar um comentário

<< Página Principal

Avalie-me!