quarta-feira, maio 25, 2005

Processo Sporting

No espaço de cinco dias o Sporting esteve perto de conquistar a Superliga e a Taça UEFA. Baqueou nas duas. Esteve quase, quase... mas ficou-se por aí.
O clube de Alvalade, pela dimensão que tem, pelas metas a que se propõe, não pode ser uma equipa de “quases”.
Pedro Barbosa disse, com bastante lucidez, antes do jogo da última quarta-feira, que a diferença entre as boas e as grandes equipas está nos títulos que as segundas conquistam. Pois parece-me que o Sporting é, olhando para os resultados, uma boa equipa, mas sem ter ainda o estofo que lhe permita estar na discussão de vários objectivos simultaneamente.
Esta até é uma observação complicada de entender se levarmos em linha de conta que os leões possuem o plantel mais equilibrado de Portugal e que, em meu entender, foram a equipa que conseguiu, a espaços é certo, praticar o melhor futebol, especialmente nas competições internacionais.
O que faltou então a este Sporting? Mais trabalho ou métodos diferentes? Capacidade de liderança?
Este trabalho de apurar as razões do insucesso, largo insucesso, acrescento, compete à SAD e aos seus administradores. Este trabalho começou a ser feito ontem. A primeira vítima deste processo de auto-análise foi Carlos Freitas. O gestor bateu com a porta, ainda por razões desconhecidas, dando um rosto visível à crise existente, não deixando dúvidas a ninguém que há mais do que uma linha de pensamento dentro da estrutura directiva do clube.
E Peseiro? O treinador tem responsabilidades às quais não pode fugir. Pode até nem ser o principal réu, mas é sobre o seu trabalho que recaem as maiores críticas. No plano da armação da equipa, da escolha dos jogadores, das substituições e dos timmings destas, na forma como conduz o balneário.
Sinceramente não sei se Peseiro ainda tem margem de manobra neste Sporting, ainda para mais com os recentes casos Polga e Douala. A pressão é grande para que ele saia. Vem de dentro e de fora. Dias da Cunha e Felipe Soares Franco, mais o segundo, apontado como o sucessor natural à presidência, colocam a cabeça no cepo se Peseiro ficar e os títulos não aparecerem. Foi contra isto que Carlos Freitas se bateu?

6 Comentários:

Anonymous Anónimo diz...

Boas, isso mesmo, chegaram as competições ao fim e há que fazer as contas, os quases são bons mas não chegam, embora que tenham levado muita gente a sonhar com Taças que já algum tempo não andava tão de perto, há que lembrar isto. Agora gestores? Em Portugal até dá para rifar. Comen-se uns aos outros só para atingir notoriedade e quando começam a bater com as portas, normalmente já tão para ai uns 20 a tentar arranjar um lugar. Pulgas e doulas, amigos, estes senhores realmente são a faca(e) do descontentamento, mas será que estes senhores tem a conciencia assim tão tranquila? Foram os grandes contructores da caminhada do SEpoTEM? São estes os grandes "profissionais" responsaveis pela eXCELENTE prestação de uma equipa? Não me parece, o que me parece e que o SEpoTem precisa de encontrar 2 novas soluções. Este tipo de "vitimas", são bem conhecidos do futebol português, em vez de reflectirem sobre o que poderiam ter feito melhor, não, são os primeiros a apontar o dedo aos outros e principalmente ao Peseiro. E depois lá vem tudo para cima do treinador, lembram-se? aquele gajo que recebia lenços à pouco tempo atrás(tal como o meu treinador) e que vos levou às nuvens, e que vos pôs em lugares simeiros à vista do mundo, lembran-se? Não parece, o Peseiro, confesso que lhe faz falta um pouco mais de pulso sobre a equipa e os timings das substituições nem sempre foram os melhores, mas de resto, já é assim tão mau treinador como oiço e leio por aí? Espero que não, não é bom para o meu clube, mas espero ver o Peseiro no SEpoTEM pró ano. Faz falta ao futebol Português treinadores destes. E mais lembro, se esta epoca foi assim tão má suponho que as epocas anteriores terão sido piores ou não?

-Muras-

12:01 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

Só uma observação: no inicio da época muita gente dizia que o SPORTING tinha o plantel mais fraco. Até houve quem tivesse dito que era do nivel do belenenses (acho que foi o ravelis quem disse isto).

Dizes que tem o mais equilibrado, gostava de saber qual era a tua opinião no inicio da época.

12:33 da tarde  
Anonymous Ganda SCP o maior?!?! diz...

O plantel mais equilibrado?!!! o melhor futebol?!!! Ésta é a principal razão para não ganharem nada falta de humildade pensam que são os maiores só porque a imprensa o diz e esquecem-se de o mostrar no campo ...!!
Se fossem mesmo os melhores tinham ganho tudo o Fernando Santos fez mais 12 pontos que o Pesseiro e só estiveram na luta até ao fim por demérito dos outros , ACORDEM ou melhor ainda continuem a dormir eheheh

1:27 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

Não dá para continuar a vendar os olhos dos sócios. Existe uma crise que só pode ser resolvida com uma assembleia gera. ELEIÇÕES JÁ!

http://oqueelesqueremseieu.blogspot.com/

3:50 da tarde  
Anonymous Gajo preocupado!! diz...

Alguém viu o sacana do alemão que anda a chatear o vosso presidente?

Sim o Alzheimer!

4:13 da tarde  
Blogger Incitatus diz...

Oara o Ganda SCP o Maior,


Meu caro, quem ganhou o titulo por demerito dos outros e ajudas externas foram vcs.
Não distorças a realidade...

É um facto que o SCP nao joga nada, mas se n fosse pela Cunha Leal, para a lampionada chegava e sobrava...

11:27 da tarde  

Enviar um comentário

<< Página Principal

Avalie-me!