sábado, junho 11, 2005

O mundo ao contrário


A 23 Julho de 1966, Eusébio protagonizou uma das mais espectaculares reviravoltas da história do futebol. Nos QF do Mundial, Portugal perdia por 3-0 com a Coreia quando o pantera negra achou que a brincadeira já era demais. Vai daí, espetou quatro bombocas nos coreanos e ainda assistiu José Augusto no quinto golo da selecção. O jogo foi memorável e a fotografia que ilustra este post (do Nuno Ferrari) correu mundo e gerações.
Pois imagens como estas estão condenadas aos álbuns do passado. O Internacional Board da FIFA, que de quando vez vez decide mexer nas regras do futebol voltou a mudar as coisas para 05/06. E mais uma vez, para pior.Agora, Eusébio levaria cartão amarelo por ter ido ao fundo das redes, porque a atitude do king seria considerada uma provocação! Ridículo, tal como a lei que castiga os jogadores por festejarem com os seus adeptos para lá das quatro linhas, ou de celebrarem a obtenção de um golo de peito ao vento.
Em 2005, os árbitros vão "amarelar" se um jogador demorar a recomeçar o jogo (por ex. se saltar para junto da vedação), por outro "amarelam" se ele está com pressa em meter de novo a bola a rolar. Isto faz sentido?

1 Comentários:

Anonymous Anónimo diz...

eheheheh
estas coisas sao mesmo assim, pra pior estabem esta bem, pra melhor ja basta assim

4:57 da tarde  

Enviar um comentário

<< Página Principal

Avalie-me!