sexta-feira, julho 22, 2005

  • Mantenho a minha ideia de que no Restelo continua-se a trabalhar bem. Uma vitória sobre o ex-vice-campeão europeu, AS Monaco, mesmo num jogo a feijões, é sempre de destacar.
  • Paulo Sérgio, que se encontra emprestado pelo Sporting, foi a grande figura dos azuis. Enquanto isso, Peseiro suspira por um extremo...
  • O único extremo do Sporting, Douala, arrancou uma estupenda exibição em Glasgow. Desconfio que foi para se mostrar, para ver se consegue um contrato vantajoso no Reino Unido. Se o camaronês fosse um bocadinho melhor no último passe, era visto com outros olhos.
  • Douala, que para os mais esquecidos, foi dispensado... por Jaime Pacheco no Boavista. Nada que me faça a abrir a boca de espanto, afinal o técnico do V. Guimarães seria capaz de deixar Zidane no banco. No seu lugar qualquer fantasista como Tiago, Almeyda, Paulinho Santos, Simeone ou Flávio Meireles tinham a titularidade garantida.
  • Deivid foi contratado pelo Sporting mas, na minha opinião, está longe de ser um jogador conceituado. A palavra no dicionário tem a seguinte definição: «avaliado; que goza de boa reputação; afamado.» Bem, boa reputação só se for no Brasil porque em França acho que não o querem ver nem pintado. Mas não sejamos radicais. Para quem acompanha o campeonato brasileiro sabe que Deivid é efectivamente um bom jogador, que pode marcar a diferença neste Sporting. Como já jogou com Liedson, tudo pode ficar mais fácil.
  • Ainda sobre o jogo de Glasgow, reparei que no golo de Hartson o culpado deu pelo nome de Beto. Mas parece que fui dos poucos a reparar...
  • O país aguarda ansiosamente pelos reforços «tão bons ou melhores que Tomasson». Esta afirmação foi feita por José Veiga. Já passou uma semana da transferência do dinamarquês para o Estugarda e em vez de o clube da Luz contratar jogadores prefere dispensar Karadas, futebolista do plantel mais parecido com um ponta-de-lança. Opções...
  • Léo Lima já seguiu para o Santos. Faltam seis. Aposto em Areias, Raul Meireles, César Peixoto, Pepe e mais dois. Cheira a surpresa.
  • Vi há dois dias o Santos-Vasco da Gama e fiquei deliciado com um médio direito do Vasco chamado Alex Dias. É jogador da bola.

5 Comentários:

Blogger GL diz...

Se ficaste espantado com o Alex Dias digo-te mais: esteve no Boavista e foi dispensado. E não é propriamente um médio direito, antes um segundo avançado, que costuma jogar ao lado do Romário

5:16 da tarde  
Blogger Red Glock diz...

Alex Dias é hoje, a par com Romário, as duas grandes mais-valias dos Cruz Maltinos!
Esteve em Portugal sim! No Boavista, mas na época de 95/96, a precisamente 10 anos, com 22 anos, sendo essa a sua primeira experiência fora de casa!
Depos do falhanço, normal, para um jovem, volta para o Brasil, durante 3 anos, e volta a sair para França, mai precisamente para o Saint-Étienne, onde faz 7 época ao mais alto nível!
Actualmente é jogador!
Acontece.

RG

5:32 da tarde  
Anonymous kovacevic diz...

o culpado do golo do hartson foi o fiscal-de-linha. o primeiro golo, sim, é uma sucessão de erros da defesa, dos centrais ao Rogério.

5:49 da tarde  
Blogger Rotura de ligamentos diz...

Aloísio-Alex, se não me engano era a grande dupla do St.Etiènne. Com a SEGA nas camisolas! eheh

6:00 da tarde  
Anonymous José Leal diz...

Aloísio e Alex, tiveram problemas pro os seus passaportes serem efectivamente falsos.

O St. Éttiene desceu para a seunda, e depois os dois jogadores estiveram no PSG, acho.

6:33 da tarde  

Enviar um comentário

<< Página Principal

Avalie-me!