segunda-feira, outubro 17, 2005

Peseiro e o Sporting

Começo a sentir-me solidário com o homem - José Peseiro, bem entendido. Continuo a achar que não tem estofo para treinar uma equipa grande, mas com (alguns) jogadores destes fica difícil a tarefa de qualquer um.

Onde começa a responsabilidade/culpa de uns e acaba a de outros começa a ser, de facto, cada vez mais difícil de descortinar num Sporting completamente à deriva, conforme o Caneladas, esse grandessíssimo caceteiro da blogosfera, alertou logo no início de época.

O abismo é já ali...

Avalie-me!