quarta-feira, fevereiro 15, 2006

Contabilidade criativa


Dias da Cunha tanto falou de contabilidade criativa que o termo chegou, na verdadeira acepção da palavra, ao Visconde de Alvalade.

O Sporting anunciou oficialmente à CMVM custos de 8,5 milhões de euros relativos à operação Liedson - intermediação, prémios, direitos de imagem e honorários para os próximos quatro anos.

Mas há aqui qualquer coisa que não bate certo. Sabemos, porque é público (numa estratégia prejudicial ao próprio Sporting), que o tecto salarial dos leões é de 75 mil euros. Dando de barato que Liedson vai receber esse valor x 14 meses x 4 anos, chego à soma de 4,2 milhões de euros - e aqui já estou a deixar passar o hábito, pelo menos em Portugal, de os futebolistas receberem, conforme os clubes, entre 10 a 12 meses.

Ora bem, sobram 4,3 milhões de euros, que têm de ser repartidos por prémios (de quê se ainda não sabemos se o levezinho vai atingir os objectivos propostos para receber os ditos prémios, a não ser o de assinatura?), direitos de imagem e... intermediação.

Ou seja, os honorários de Liedson até celebrar o seu 32.º aniversário são inferiores ao tudo o resto que rodeou a operação.

Mesmo descontando a inevitabilidade do custo do salário de Liedson para o Sporting ser diferente, para cima, do que o que o brasileiro recebe mensalmente há aqui qualquer coisa muito mal explicada, e logo num clube que se diz em contenção financeira permanente.

Desportivamente o Sporting não podia ter feito melhor negócio. Tem ponta-de-lança para muito tempo.

6 Comentários:

Blogger Leão Verde diz...

É óbvio que o Sporting "comprou" o passe do Liedson pela segunda vez. Da primeira custou 3 milhões; agora, se tiver sido o mesmo, estás lá próximo. E também acho que os 75 mil podem ser líquidos logo os 4,2 milhões são para cima.
Claramente, o comunicado dos "8,5" não explica como é repartida a quantia e por isso várias combinações são possíveis.

9:11 da manhã  
Blogger Leão Verde diz...

Ah, e o Liedson não é ponta de lança. É avançado, o que é diferente. Ponta de lança era o Jardel, por exemplo.

9:12 da manhã  
Anonymous billy diz...

É obvio que os 75 mil euros são líquidos, o que faz subir substancialmente a factura, já que o Sporting paga as suas obrigações fiscais e não paga ordenados e outras benesses através de sociedades off-shore sediadas nas Ilhas Caimão...

11:31 da manhã  
Blogger Caneladas diz...

Exactamente. Os 75 mil euros são líquidos, pelo que o verdadeira despesa mensal do Sporting com o jogador é bastante superior

Mesmo assim, ainda fica um bom montante de luvas de fora, embora, inicialmente, tenham surgido notícias que apontavam para exigências (de Liedson, claro) na ordem dos 1,2 milhões de euros

3:55 da tarde  
Anonymous kovacevic diz...

Se o objectivo do post é provocar, aceita desde já os meus parabéns pela missão cumprida.

De acordo com o comunicado do Sporting à CMVM, os 8,5 milhões de euros correspondem a salários, direitos de imagem e direitos de intermediação.

Ou seja, o Sporting comunica publicamente que pagou comissão e prémio de assinatura e vai remunerar Liedson, em parte, através de direitos de imagem.

Que isto seja visto como contabilidade criativa ou tentativa de esconder a verdade do contrato, como sugeres no post, é, no mínimo, bizarro.

E depois há perguntas a fazer:

Exceptuando o Sporting e - às vezes - o FC Porto, que outros clubes portugueses têm por hábito comunicar de forma oficial e pública quanto pagam pela contratação ou renovação de jogadores?

Exceptuando o Fisco, mais alguma pessoa ou entidade precisa de saber, com rigor, qual é o ordenado exacto do Liedson?

7:19 da tarde  
Anonymous theman diz...

Essa comunicação é feita em sequência do SPORTING estar cotado em bolsa. Uma das vantagens das SADs (algumas) é esta mesmo, estarem um pouco mais transparentes.

De resto o SPORTING tinha de renovar com o Liedson.

Sim voltaram a dar-lhe um prémio maluco. Mas o Liedson era dos jogadores mais mal pagos do plantel e tinha um rendimento muito bom.

Se o SPORTING fosse procurar outro avançado com o rendimento do Liedson gastava mais que este valor só no passe, a não ser que se arranjasse outro ex-repositor de supermercado nas mesmas condições. Ainda tinha de lhe pagar os salários. Este já cá está.

No entanto deviam ter feito esta renovação mais cedo e provavelmente teriam feito negócio melhor. Mas não se pode querer andar a pagar o minimo até à ultima... o Liedson ajudou a estoirar com o benfica há 2 semanas e voltou a mostrar a qualidade que tem enquanto jogador de futebol. Estave na mó de cima durante a negociação.

É assim. O SPORTING tem de começar a renogociar contratos de mais valias indiscutiveis mais cedo.

8:16 da tarde  

Enviar um comentário

<< Página Principal

Avalie-me!