quinta-feira, fevereiro 02, 2006

A culpa é de quem a apanhar

quantos são, quantos são os que ainda lá estão?


O líder dos Superdragões, a claque mais representativa do FC Porto, que acaba de ver cortado o apoio institucional do clube, veio hoje fazer um pouco de luz sobre o que passa no Dragão.

«Estão a tentar calar-nos. As pessoas têm de ter consciência de que os problemas não são de agora e não têm nada a ver com o treinador. Têm a ver com assuntos acerca dos quais os temos questionado. Porquê este treinador? Porquê estes jogadores quando antes havia melhor?», interroga-se o sempre cordato Rui Teixeira.

Pois é, isso também eu gostava de saber. Mas lá que tenho uma ideia, lá isso tenho...

ps - A liderança portista é puro engano. Adriaanse sobrevive à custa da miséria dos outros. No dia em que o Koeman deixar de inventar (será que esse dia vai chegar?) e que o Sporting voltar a ter um plantel forte (ou pelo menos tão bom como o do ano passado), acaba-se definitivamente a ilusão em que vive o FC Porto. Muitos portistas, ainda assim, muitos mesmo, já perceberam o que vale este holandês...

1 Comentários:

Anonymous Bruno diz...

Não percebo o porquê de tanta polémica. O homem vai com quatro pontos de avanço sobre o segundo e de 7 sobre o Sporting. E penso que vai ser campeão.
A eliminação da Champions não justifica toda esta guerra.
Talvez o afastamento de Baía e do Jorge Costa - que tinham grande influência no balneário - possam explicar grande parte do que se está passar

6:59 da tarde  

Enviar um comentário

<< Página Principal

Avalie-me!