sexta-feira, fevereiro 17, 2006

Reforço... à força

Isto é um exemplo do mau serviço às vezes proporcionado pelo jornalismo desportivo. Escreve João Rui Rodrigues na página 23 do Record de quarta-feira, dia 15, que o FC Porto patrocinou um dos reforços de Janeiro do Benfica, no caso Marco Ferreira. Sob o título «Reforço pago pelo rival», o escriba informa o público através dos seus excelsos conhecimentos de que a SAD do FC Porto pagou 200 mil euros para «se ver livre do atleta» MF pensando que este iria rumar ao At. Madrid. Pinto da Costa e seus pares nunca desconfiaram que «o namoro entre Benfica e Marco Ferreira» iria ser consumado, após um compromisso verbal mantido em «segredo absoluto». Ou seja, nas palavras de JRR, «LFV e Veiga não brincam em serviço.»
Não sei se o FC Porto pagou ou não a Marco Ferreira, nem me importa. O que me inquieta é o timing e a forma como esta peça surge no "impoluto" Record. A que título? Com que objectivos? A mando de quem? Não será muito difícil chegar a algumas conclusões, mas essas deixo-as para vocês leitores atentos que, julgo, não se deixam enganar por estes desvios de atenções.
Depois acontece o caricato. Na mesma página somos relembrados por outro jornalista que, afinal, Marco Ferreira nem é assim tão reforço como isso. Nunca foi titular, não está inscrito na Champions e só alinhou 22 minutos pelo SLB.
Um reforço pago por Pinto da Costa... à força!

5 Comentários:

Anonymous Bruno diz...

Riddle, a conclusão a que se chega é que ao dito jornalista foi encomendada uma história e este sem qualquer pudor escreveu-a sem confrontar a outra parte com os alegados factos, violando uma regra básica do jornalismo.
Alguém ligado ao SLB quis passar a ideia que a dupla V&V é a maior e que pode combater e vencer PC.
Porque é que este jornalista e outros de Lisboa não aproveitaram as diversas conferências de imprensa de José Veiga nos últimos tempos para o confrontar com as notícias de penhoras e afins? Julgo que, tal como aconteceu no aeroporto da Portela, quando um familiar de JV agrediu um cidadão em frente da polícia e esta nada fez, às vezes não interessa mexer com certos poderes e instituições. Existe medo, cumplicidade e corrupção. Já acontecia a norte, agora passa-se na capital desde que estes dirigentes, especialmente Veiga, estão no Benfica.

4:50 da tarde  
Blogger Bakero diz...

Eu ainda estou para ver é qual é o 1º jornalista que tem a "afronta" de fazer uma pergunta a Pinto da Costa sobre o apito dourado. Do género: "Que comentários faz ao telefonema registado em que o senhor aceita a proposta de se dar "fruta para dormir" a um determinado árbitro? E já agora, porque tentou que essas gravações fossem eliminadas do processo? Não acha que quem não deve, não teme?"
Depois lá podiam pôr o típico: "Pinto da Costa, com a sua habitual ironia, respondeu..."

5:49 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

Good design!
[url=http://viegjumu.com/rdrm/kpho.html]My homepage[/url] | [url=http://cuthkmul.com/evoj/quob.html]Cool site[/url]

10:27 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

Nice site!
My homepage | Please visit

10:27 da tarde  
Anonymous Anónimo diz...

Thank you!
http://viegjumu.com/rdrm/kpho.html | http://yvfgvjbq.com/slzg/ctei.html

10:27 da tarde  

Enviar um comentário

<< Página Principal

Avalie-me!