quinta-feira, março 09, 2006

Benfica com "estrelinha"

Concordo genericamente com a análise do meu amigo Ravelis, no entanto gostava de deixar algumas notas:
- O Benfica teve uma noite de "estrelinha";
- Koeman venceu a partida, mas, na minha opinião, continua a ser muito lento a ler o jogo;
- o lento Robert só está em campo para rematar com o pé esquerdo, além disto não tem mais nada para dar à equipa senão cartões amarelos desnecessários;
- Geovani deveria ter saído logo ao intervalo ou nem sequer ter entrado - ainda acusa a falta de ritmo depois da lesão;
- Com Miccoli (matador) e Karagounis (dono da bola) desde o início, o SLB não teria provavelmente passado por tantos calafrios;
- Koeman deixou o Benfica encostar-se perigosamente às cordas; sai vencedor na lógica de que quando perdem os treinadores são os culpados...

Conclusão: o Benfica teve a estrelinha da sorte que faltou ao campeão europeu 2004/05. Noutras ocasiões já vi o contrário. É futebol, siga a banda!

6 Comentários:

Anonymous ze diz...

por acaso até já vi o koeman fazer pior, mas concordo que devia ter reagido mais cedo.

venha agora o arsenal...

1:43 da tarde  
Blogger Caneladas diz...

A estrelinha do Benfica começou na lesão do Petit. Assim, o Koeman não pôde jogar com três trincos e o Benfica fez um jogo excelente.

ps - claro que era preferível ter sido o Beto a ficar de fora por lesão em vez do Petit, embora o brasileiro tenha jogado mais ou menos

4:54 da tarde  
Blogger Pedro diz...

Não concordo nem um pouco.
Estrelinha? Talvez ...mas eles tb tiveram.

Agora Geovanni não ter entrado? Viste o pressing q o Geu fez lá na frente? Vistes as vezes q roubou a bola? Alías o golaço do Simão resulta disso mesmo.
Karagounis é genial mas não tem pedalada para os 90 minutos, pelo menos em jogos com aquela intensidade. Entrado na segunda parte qd os outros já estão a meio gáz tem sido fundamental. E aí toda a sua qualidade vem ao de cima!

6:27 da tarde  
Anonymous André, o campos diz...

SORTE E GEOVANNI:

1) A sorte é um factor decisivo para ganhar competições a eliminar. Lá diz o próprio setubalense ricamente notório: os campeonatos são ganhos sempre pela melhor equipa, as competições a eliminar são ganhas pelas que melhor gerem o factor "sorte".

2) Geovanni é o melhor avançado do SLBenfica não por rematar mais, desmarcar-se melhor, ou fazer golos, mas sim porque é aquilo a que no andebol se chama de "defesa-avançado". A maior dos atacantes são péssimos defesas, nem se vêem como jogadores com necessidade de defender: Geovanni é o melhor primeiro-defesa-avançado que o SLBenfica tem. Óptimo para competições a eliminar.

Conclusão: stick to Championship Manager!!

9:25 da tarde  
Blogger Romeu diz...

Leiam esta análise hilariante num post colocado antes do resultado do Benfica no blog Biscoitointerrompido...

Portugal já ganhou.
Mesmo que o Benfica não ganhe, Portugal já ganhou. O leitor poderá pensar que eu estou a referir-me ao Barcelona por ter um português e é um bocado isso mas mais. Eu já sei que o Barcelona vai ganhar a Liga dos Campeões? Não sei. Mas não interessa porque o que eu sei é que Portugal já tem razões para festejar. Vou explicar porquê pegando nos possíveis vencedores da Liga dos Campeões:

Barcelona: Tem o Deco que é português. Tem o Ronaldinho Gaúcho que por pouco não jogava no Estrela da Amadora há uns anos. O Mourinho já lá andou. Já lá jogou o Figo, o Simão, Fernando Couto, Quaresma, e o Paulo China por pouco também não jogava apesar de não se saber de que terra ele é.

Juventus: Já jogou lá o Paulo Sousa nos tempos em que não andava com a Cristina Mohler e jogou lá o Rui Barros nos tempos em que a Cristina Mohler não casava por dinheiro. O Figo não jogou lá mas chegou a assinar um contrato ilegal.

Villareal: Já lá jogou o Armando Sá no ano passado e apesar de este ter nascido em Moçambique, aquilo "já foi nosso". Porque faz lembrar Trás-os Montes. Porque o Riquelme gostava de ter uma prima portuguesa apesar de nunca o ter admitido.

Benfica: É óbvio. Pelo menos para as pessoas normais que torcem por clubes portugueses mesmo que não seja o seu clube. Porque metade dos jogadores são brasileiros que é o nosso povo irmão.

Liverpool: Já jogou lá o Abel Xavier. Porque o Simão Sabrosa vai para lá. Porque o Benfica pelo menos perdeu com o Campeão Europeu. Terra dos Beatles. O gajo que matou o John Lennon tinha estado cá na 2º circular a uma hora de ponta umas horas antes de ter cometido o crime e desconfia-se que o trânsito em Portugal, tenha sido para ele a gota de água.

Arsenal: Joga lá o Robert Pires que é descendente de portugueses. Porque o equipamento é parecido com o do Sporting de Braga.

Lyon: Joga lá o Tiago que é portuga. Maneira que as gentes do Norte chamam ao animal que simboliza o Sporting.

Real Madrid: Já lá jogou o Figo, o Secretário, o Edgar (agora no Málaga) e o Carlitos (agora no Gil-Vicente). Porque metade dos jogadores são brasileiros que é o nosso povo irmão. Porque o Mourinho poderá ir para lá.

PSV Eindhoven: Já lá jogou... o Abel Xavier que não parecendo é portuga. É a sede da Philips e o nome de uma chave muito usada cá.

Milão: Joga lá o Rui Costa. Já lá jogou o Futre que em tempos era português. Porque o Mourinho pode ir para lá. O Figo não jogou lá mas por pouco não assinava um contrato ilegal.

Inter: Joga lá o Figo e já lá jogaram o Sérgio Conceição e o Paulo Sousa nos tempos em que a Cristina Mohler já casava por dinheiro. Porque o Mourinho pode ir para lá. O Figo não jogou lá mas não se importava de ter assinado um contrato ilegal.

Ajax: Jogou lá o Dani que é português embora ele nem sempre se aperceba disso. É o nome do limpa-vidros mais vendido em Portugal.

Bayern: Porque o Presidente do Bayern (Franz Beckenbauer) já disse várias vezes que "o Algarve é um sítio porreiro, com bom peixe, sol e as malucas do Kiss".

IN: http://biscoitointerrompido.blogspot.com/

11:12 da tarde  
Blogger Bancada Directa diz...

Tambem concordo, mas para saber mais a minha opinião ao facto de benfica ir jogar com Barcelona vão a http://bancadadirecta.blogspot.com/

1:18 da manhã  

Enviar um comentário

<< Página Principal

Avalie-me!