domingo, abril 09, 2006

Sonho(s) Frito(s)

O sonho verde e branco acabou. Frito em óleo Co. Ao contrário da última época a amargura não é tanta, pois ao contrário da época transacta existem dois factos a reconhecer: o Porto pode não jogar mais mas tem um plantel muito mais forte e não tem sido escandalosamente levado ao colo pelo apito (colocando aqui de parte o que se passou na taça).

Muito se falou ontem do "quase", novamente. A meu ver uma falsa questão. Qual é o drama? O Sporting foi quase campeão nas últimas duas épocas? Foi. Encaro isso como um factor negativo? Não, o adepto consciente deve encarar tal feito como um MILAGRE. O Sporting tem um orçamento de um TERÇO do FCP e metade do SLB, fruto de 10 anos de gestão criminosa. Possivelmente falo de um desnível financeiro idêntico ao que separava um Sporting de um Boavista há 10 anos atrás. No entanto o SCP conseguiu nos últimos dois anos fazer o brilharete de não só lutar até final como também apresentar o futebol mais atraente. Fraco consolo? De facto. Vitória moral? Isso não existe. O Sporting é derrotado, mas é derrotado de cabeça erguida, na certeza que faz muito mais do que a carteira lhe permite e com a verticalidade de não ser um produto do apito mas sim do balneário.

Quanto ao futuro campeão. Não é tão escandaloso e imoral como o do ano passado mas também não é brilhante. Aconteça o que acontecer o Porto termina a época sem convencer sequer os seus adeptos. Se questionarem os sócios portistas estes não recordarão qualquer grande exibição do Porto num jogo importante esta época, e vitória só mesmo a de ontem, num jogo que o Porto pretendia e merecia empatar mas que teve a fortuna de vencer. Tudo o resto consiste num cenário de fraca afirmação directa (saldo incrivelmente negativo nos grandes jogos para um campeão, ainda pior do que o benfica do ano passado) e de muita contestação (Quaresma futuro campeão não se coibiu de demonstrar ontem que lhe apetece seguir com Co o exemplo nobre de Pinto da Costa na gestão da sua vida pessoal).

Enfim, numa semana todo o glamour do improvável se esfumou, como o director do Record previa, num dos seus raros textos de acerto: o benfica não conseguiu bater o golias e provocar discussão na europa e o Sporting sucumbiu finalmente perante um diferencial demasiado forte em termos de qualidade individual. Enquanto isso um Porto cinzento e não aprovado sequer pelos próprios adeptos caminha para um título que satisfaz os miseráveis da segunda circular, que corroídos nos seus ódios directos partilham a amarga satisfação de saber que o rival nada vencerá esta época.

É o nosso futebol.

7 Comentários:

Anonymous Deko diz...

Rennie durante 7 dias e isso passa... Cuidado com o Sport Lisboa e APAF que vem aí a 2 pontos!

3:57 da tarde  
Anonymous Lionheart diz...

"Muito se falou ontem do "quase", novamente. A meu ver uma falsa questão."

Concordo. É de facto uma falsa questão e não vai ao cerne do problema, que é a perda de competitividade do Sporting nos últimos anos. O campeonato não começa em Janeiro, começa em Agosto. Não serve de nada ganhar dez jogos seguidos na 2ª volta, para tentar recuperar um atraso de quase 10 pontos, porque se perdeu três jogos seguidos em Setembro. Assim fica-se sempre na dependência de terceiros à espera de um "milagre". Só que o Porto não o permitiu. O Sporting já estava nos limites, e o Porto desde que perdeu na Luz (por culpa do Baía), nunca mais cedeu. Mesmo que o Sporting tivesse ganho ontem, era provável que perdesse pontos num jogo qualquer a seguir, e isso seria fatal. E estariamos aqui também a falar num quase.

Esta falsa questão é nefasta porque cria uma crise de autoestima nos jogadores e adeptos, mas também porque desresponsabiliza os dirigentes incompetentes e corruptos que o Sporting tem tido. O Sporting tem de substituir o providencialismo pelo profissionalismo!

Os campeonatos raramente se ganham nos jogos entre os grandes. Isso aconteceu no Sporting-Porto de 2000 e no Benfica-Sporting do ano passado. Mas de resto, sempre que uma equipa precisa de ganhar (em casa ou fora) a um rival à última hora para passar para a frente, não o consegue. Até o Sporting já beneficiou desta tendência. Em 2002, o Sporting liderou a classificação em quase toda a 2ª volta. Aquando do Porto-Sporting, a meio da 2ª volta, que o Porto precisava de vencer para encurtar a distância face ao Sporting, os leões não deixaram, o resultado foi 2-2, e o Sporting foi campeão. Aliás, que eu me lembre, o Porto nunca conseguiu ganhar um campeonato "in extremis". Os seus títulos advêem sempre de épocas regulares, amealhando pontos nos jogos com os "pequenos", cavando assim um fosso na classificação com o Sporting e o Benfica, que depois lhes permite ir a Alvalade e à Luz empatar, e à vezes até perder.

No entanto, é evidente que os sportinguistas não se podem conformar com o diferencial orçamental que se gerou entre o nosso clube e os nossos rivais, porque senão estaremos a regredir aos anos 80 e a entrar noutro jejum! Para já é necessário ficar em 2º lugar e ir à Liga dos Campeões. A próxima época tem de ser muito bem preparada para que a equipa seja competitiva da 1ª à última jornada, e para que se possa ganhar algum dinheiro na Europa, recuperando assim as finanças do clube. As coisas não podem continuar a ser feitas em cima do joelho, como de há décadas para cá (o que explica o declínio competitivo do Sporting), senão não há Janeiro que nos valha, porque nessa altura já o Sporting estará fora das competições europeias.

Mas para que o Sporting passe a ser gerido como deve ser, é evidente que não pode ser por aqueles que não têm conseguido potenciar o facto do Sporting ter a melhor escola de formação do país. Deixando, inclusivé, que dois dos melhores "produtos" da nossa formação se tornassem os melhores jogadores do Benfica (Simão Sabrosa) e Porto (Ricardo Quaresma). O que prejudicou o Sporting directamente! Além do mais, não se tem aproveitado o potencial humano do clube, como se os adeptos do Sporting fossem só os 100 VIP's que assinam manifestos em favor da direcção! Isto é um enorme desperdício, que não pode continuar!

5:54 da tarde  
Anonymous Lionheart diz...

Para terminar o meu "testamento" e desabafo, queria só argumentar que as circunstâncias do "quase" deste ano não têm nada a ver com as do ano passado. O Sporting perdeu, estupidamente, um campeonato para o Benfica por culpa do Dias da Cunha e do Peseiro, não aproveitando uma, rara, má época do Porto. Não há ovos que resultem numa boa omolete se o cozinheiro não prestar. É o preço que se paga quando se contratam treinadores sem categoria para um clube que tem a responsabilidade de ganhar títulos. O Sporting não é o Nacional da Madeira.

Este ano, a conjuntura era adversa porque o Porto corrigiu alguns dos erros da época passada, e mesmo sem fazer um grande campeonato, foi regular o suficiente para não nos dar a hipótese de repetir 2000. E 2000 é uma excepção. Não pode ser a regra no Sporting, ou seremos campeões muito esporádicamente.

6:17 da tarde  
Anonymous Carolina Salgado diz...

A lagartagem - que gosta muito de falar antes dos jogos das decisões - agora já não diz nada!
Estão tão caladinhos?!?!
Será que foi por causa da derrota de Sábado à noite?
Ainda há uns dias eram os maiores, iam ser campeões e o Benfica, que não ganhava nada porque era isto..., e aquilo... "um Nojo" e tudo o mais.
Gosto tanto de vos ouvir falar e depois terem de se calar! Como eu gosto disso! é tão bom!

Essa vossa teimosia de falar antes de tempo dá sempre mal resultado!

4:41 da tarde  
Blogger brmsca diz...

Paciência... o Porto foi mais feliz, venceu, vai ser campeão com mérito!!!
http://www.futebolacimadetudo.blogspot.com/

4:54 da tarde  
Blogger Offshore diz...

excelente texto Lionheart e parabens por não te refugiares na arbitragem.

4:54 da tarde  
Blogger Gilberto Mandamil diz...

É um milagre estar na luta pelo título depois da auto-destruição protagonizada por Peseiro. Paulo Bento recuperou de forma incrível a equipa animicamente e só graças a 10 vitória seguidas é que nos foi dado o "privilégio" de morrer na praia. O importante é manter o 2º lugar e para isso é necessário que não se acumulem arbitragens escandalosas nas últimas jornadas que costumam ter como alvo o Sporting.

Malta da Tropa que curte Bola

4:55 da tarde  

Enviar um comentário

<< Página Principal

Avalie-me!