sexta-feira, junho 23, 2006

Portugal-México

Eis-me de volta, de novo com atraso, para contar as peripécias da viagem a Gelsenkirchen. No total foram mais de seis horas enfiado em comboios superlotados, com centenas mexicanos ao molho dentro das carruagens, a fazer lembrar aquelas imagens que vemos da Índia. Muita animação na cidade (que não é bonita, ao contrário das outras por onde já estive) e nas imediações do estádio onde o FC Porto de sagrou campeão europeu. O jogo até foi interessante, com Portugal a ganhar sem jogar melhor que o seu adversário. Simão a tentar fazer deste o seu Mundial e Maniche de volta aos grandes golos, ele que é quem mais remata na equipa de Scolari. Na bancada de imprensa ia espreitando nos monitores o que se passava no jogo com Angola. À espera de uma qualificação surpresa. Não deu, mas os palancas saem deste Mundial com apenas uma derrota, ante Portugal. Acabado o jogo e despachada a crónica para Lisboa, salto até à zona mista onde C. Ronaldo passou sem mostrar os dentes. Tás chateado porquê ò meu? Saudades da Merche?
No regresso a casa, o comboio que só deveria demorar duas horas a chegar demorou quatro. Com muitas paragens e cada uma delas dava tempo para vir cá fora fumar um cigarrito e comprar um chocolate. Apesar do cansaço, a viagem foi interessante, muito por culpa dos meus companheiros de compartimento. Um jornalista canadiano e dois adeptos mexicanos, na casa dos 45 anos. Um deles padre católico, completamente doido por futebol. Vieram de Chihuahua (tive de morder os lábios para não me partir a rir), que é no norte, não muito longe da fronteira com os EUA. Sairam com fé na bagagem e sem um único bilhete no bolso. Chegados à Alemanha, fizeram-se à vida, ou seja, viram-se para os candongueiros e pagaram 800 euros por cada bilhete para os três jogos do México. Que balúrdio! Iam para casa agora, onde esperam chegar domingo. Mas já sabem que primeiro ficam a ver o jogo com a Argentina no aeroporto de Houston, com duas cervejas na mão a brindar à saúde deste vosso escriba. Assim mo prometeram.

4 Comentários:

Anonymous FSV diz...

Os meus parabéns meu caro amigo... apesar dos compromissos que tens continuas a dar atenção ao blog com uma escrita divertida e que mostra ( a quem não pode) o outro lado do mundial... por tudo isso um abraço de agradecimento e aqui fico neste jardim á beira-mar plantado á espera de mais peripécias do nosso enviado especial ao alemanha 06 particular!!!!!

11:12 da manhã  
Blogger Rotura de ligamentos diz...

tou-te a ver ó chihuahua!

12:39 da tarde  
Blogger portuguesinha diz...

Chihuahua é a terra daquela raça de cãezinhos! Parabéns por teres conseguido que aqueles mexicanos brindassem à tua! (LOOOOOOOOL) Já agora, que brindem também à nossa selecção que se Deus quiser vai fazer laranjada no domingo!

5:03 da tarde  
Blogger riddle diz...

Obrigado pelas elogiosas palavras fsv.

miúda: se eles ganharem à argentina o padre apanha cá uma carroça....LOLOL

9:31 da tarde  

Enviar um comentário

<< Página Principal

Avalie-me!